Fontes de conhecimentos que o Contador pode usar 

Levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT) mostra que, desde que a Constituição Federal entrou em vigor, em 1988, foram criadas 290.932 normas tributárias no país.

Em média, foram cerca 30 novas normas tributárias editadas por dia, desde 88. Conforme o estudo do IBPT foram feitas 14 reformas relativas ao Direito Tributário.

Essas estatísticas dão uma noção da correria que é a vida do contador, que deve ainda se atualizar em outras esferas de conhecimento.

O dono de um escritório contábil, por exemplo, ainda precisa gerir o seu negócio, liderar pessoas, administrar as finanças, contratar e desenvolver pessoas. Assim como seus clientes, ele também é um empreendedor e também precisa constantemente se atualizar sobre tendências do mercado, modelos de negócio, metodologias e ferramentas de gestão para ter mais produtividade e garantir um serviço de qualidade, entregue no prazo.

Atualmente existem opções práticas e acessíveis – até mesmo gratuitas – para o contador se manter atualizado. Um dos exemplos é o Udemy.com, empresa recém fundada e que disponibiliza mais de 40 mil cursos online, em vários idiomas e inclusive em português, com bons preços e até mesmo gratuitamente.

Algumas dicas já testadas, e que funcionam.

1. Capacitação oferecida pelas Entidades de Classe

É comum os Conselhos Regionais de Contabilidade, os Sindicatos de classe, criarem programas de educação continuada, como os cursos, os seminário e as palestras.

O próprio Conselho Federal de Contabilidade criou o programa de Educação Profissional Continuada.

É possível cursar módulos como: “Cálculo do Simples Nacional e Declaração” e “Retenção na Fonte de INSS – Pessoas Jurídicas e Físicas”.

Eventos promovidos pelos órgãos regionais são especialmente interessantes, pois conseguem abranger com agilidade os temas que estão em alto no momento e, muitas vezes, ainda não chegaram aos bancos das universidades. “Atualizações na legislação trabalhista e previdenciária”, “Planejamento sucessório e patrimonial” e “Workshop de gestão nas organizações contábeis” são alguns dos temas abordados em encontros como esses.

2. Línguas estrangeiras

O inglês é a principal língua estrangeira a ser dominada por todos os profissionais e na área contábil não é diferente. Mesmo que seu foco seja nas MPEs nacionais, a capacitação em outro idioma abre portas para que você consiga estudar os assuntos contábeis relevantes que acontecem no mundo. Conhecendo o idioma e os termos técnicos da área em inglês é possível, por exemplo, pesquisar sobre as ações tomadas contra o crime de lavagem de dinheiro em outros países.

Sabia que existe um curso de inglês para contadores (online ou presencial) no mercado? Aproveite essa dica e aprofunde seus conhecimentos!

Existem também aplicativos gratuitos e você aprender inglês até mesmo em dispositivos móveis. Um deles é o Duolinguo, ou o Rosetta Stone para aparelhos celulares.

3. Diversas áreas de de negócios

A Fundação Getulio Vargas é a primeira instituição brasileira a ser membro do OpenCourseWare Consortium – OCWC –, um consórcio de instituições de ensino de diversos países que oferecem conteúdos e materiais didáticos sem custo, pela internet.  O objetivo desse consórcio é oferecer educação de qualidade, pela internet, de forma gratuita. Vale conferir!

SENAI oferece um curso gratuito que apresenta os dispositivos legais que regulamentam as relações de trabalho, bem como tipos de trabalhadores e formas de contratação. É um conteúdo interessante para quem está começando a entender o assunto.

A ONU (Organização das Nações Unidas) desenvolveu uma metodologia, que no Brasil é conduzida pelo SEBRAE, chamada Empretec. É um curso destinado aos empreendedores, baseada em aulas e vivências práticas, com o objetivo de melhorar seu desempenho empresarial, garantir mais segurança na tomada de decisão, além de ampliar a visão de oportunidade de negócio. Esse é curso é pago, mas é um investimento que vale muito!

4. Tecnologia

O uso da tecnologia pode ajudar você a ser mais produtivo, liberando tempo e energia para poder explorar as oportunidades de aprendizado. Lembre-se: a qualificação profissional é uma missão sua, não dá para terceirizar isso; muito menos deixar para depois.

Se seu escritório ainda está começando a usar a tecnologia por meio de planilhas, vale a pena fazer um curso de Excel avançado para extrair melhor visualização das informações e análises. Confira aqui modelos de planilhas para cadastro de clientes e funcionários, fluxo de caixa, cálculo de horas extras, entre outras, que vão ajudar muito nesse passo inicial de controle.

Se a tecnologia já é recurso importante na sua rotina, a dica é adotar ferramentas de produtividade para agilizar e padronizar as rotinas do seu escritório de contabilidade. Um passo importante é eliminar as atividades manuais (como a digitação dos lançamentos contábeis dos clientes), o que você consegue ao implantar o processo de integração contábil, garantindo mais tempo para a sua atualização profissional. Com o ContaAzul para Contadores, seu escritório pode realizar a integração contábil com a melhor tecnologia sem pagar nada por isso. Nada!

Além de otimizar o tempo e alavancar a produtividade da equipe você quer se despedir das planilhas, partir para uma gestão mais madura no seu negócio e ficar ainda mais integrado com seus clientes? A ContaAzul te ajuda a dar esse importante salto disponibilizando para o seu escritório, de forma gratuita, o mesmo software de gestão empresarial que seus clientes usam. Cadastre-se para utilizar as ferramentas gratuitamente e atualize a tecnologia do escritório também!

Como profissional, é preciso estar em constante busca por atualizações de conhecimento e aprimoramento de habilidades, para ter sucesso na carreira, reconhecimento dos funcionários a valorização dos clientes. Estar conectado com as tendências, sem deixar seu escritório de contabilidade ficar parado no tempo vai gerar credibilidade e aumentar a longevidade do negócio.

Matéria inspirada em: http://contaazul.com/contabilidade/blog/6-grandes-dicas-contadores-manter-atualizado/